Em Rio Verde, polícia prende homem por tráfico, mas “drogas” eram farinha

Suspeito chegou a confessar que vendia os comprimidos, sem saber que eram farinha

Em Rio Verde, polícia prende homem por tráfico de drogas, mas comprimidos eram farinha
Em Rio Verde, polícia prende homem por tráfico de drogas, mas comprimidos eram farinha (Foto: Divulgação/PM)

A Companhia de Policiamento Especializado (CPE) prendeu um homem suspeito de tráfico de drogas, na rodoviária da cidade de Rio Verde, no sudoeste de Goiás. Porém, após uma perícia, os militares descobriram que, na verdade, os comprimidos eram cheios de farinha. Nem mesmo o suspeito sabia.

O caso aconteceu na noite desta terça-feira (27), após os policiais receberem uma denúncia informando que um homem estaria vendendo comprimidos de ecstasy. Ao chegar no local e abordarem o suspeito, os militares encontraram com ele oito comprimidos da droga.

Aos policiais, ele confessou que vendia as drogas por R$ 12 cada comprimido e ainda informou que na residência dele tinham mais guardadas. Com isso, a polícia foi até o local e encontrou outros 943 comprimidos.

O homem e os supostos entorpecentes foram encaminhados para a Delegacia da cidade. Posteriormente, os comprimidos passaram por perícia e foi constatado que as substâncias não eram drogas. À reportagem, a CPE do município informou que após confirmação de que não se tratavam de drogas, o suspeito foi liberado.