Em um só dia, polícia prende dois suspeitos de tráfico de drogas em Aparecida

Um dos investigados, que é aposentado, alegou que vendia entorpecentes para complementar a renda mensal

Em um só dia, Denarc prende dois suspeitos de tráfico de drogas em Aparecida de Goiânia
Em ações distintas, realizadas na quarta-feira (26), dois suspeitos de tráfico de drogas foram presos por agentes da Delegacia Estadual de Repressão aos Narcóticos (Denarc), em Aparecida de Goiânia. Ambos já haviam sido autuados anteriormente pelo mesmo delito, e um deles, que é aposentado, alegou que vendia drogas para complementar a renda mensal.

Em ações distintas, realizadas na quarta-feira (26), dois suspeitos de tráfico de drogas foram presos por agentes da Delegacia Estadual de Repressão aos Narcóticos (Denarc) em Aparecida de Goiânia. Ambos já haviam sido autuados anteriormente pelo mesmo delito, e um deles, que é aposentado, alegou que vendia drogas para complementar a renda mensal.

A primeira prisão aconteceu na região central da cidade, onde um homem de 51 anos foi flagrado com várias porções de maconha, uma balança de precisão, e papel filme usado para embalar a droga. Este mesmo suspeito, segundo a Denarc, já havia sido autuado também por tráfico em março de 2018. Assim como na primeira vez em que foi preso, o aposentado, que usava uma moto para entregar os entorpecentes, reclamou que o salário mínimo que recebe mensalmente é insuficiente para mantê-lo.

Já no Bairro Maria Inês, outro homem também foi preso em flagrante com várias porções de skunk, entorpecente conhecido como “supermaconha”. De acordo com os agentes, este suspeito também já tinha sido autuado pelo mesmo crime em 2015, e ainda responde por roubo à mão armada. Os dois homens, que não tiveram os nomes divulgados, foram autuados novamente por tráfico de drogas, crime que tem pena de reclusão, de cinco, até 15 anos.