Estudante que sofreu graves queimaduras em Anápolis realiza primeira cirurgia de enxerto e reage bem

Nas redes sociais a mãe da estudante, Diolange Lopes Carneiro, comemorou o sucesso da cirurgia e agradeceu as orações

Annelise Lopes beija mãe após primeira cirurgia de enxerto. (Foto: Arquivo Pessoal)

A estudante Annelise Lopes Andrade realizou a primeira cirurgia de enxerto de pele e se recupera bem. A jovem está internada em Goiânia, há 44 dias, desde o acidente que deixou 60% do seu corpo queimado durante uma aula de química, em Anápolis.

Nas redes sociais a mãe da estudante, Diolange Lopes Carneiro, comemorou o sucesso da cirurgia e agradeceu as orações. “Ela está se alimentando bem, está sendo bem cuidada. As vezes sente dor e enjoo, mas é normal neste momento”, conta a mãe.

Annelise Lopes Andrade deve passar ainda por mais um procedimento de enxerto, caso não ocorra nenhuma reação adversa do primeiro procedimento. A mãe vive a expectativa da evolução no tratamento para que a filha receba alta hospitalar, que ainda não há previsão estimada.

Leia outras reportagens sobre Annelise

Estudante de 16 anos sofre graves queimaduras durante explosão em colégio de Anápolis

Em Anápolis, família da estudante que teve 60% do corpo queimado faz campanha para doação de sangue