Estudante queimada em Anápolis realiza segundo enxerto e vive expectativa de alta

Mãe da estudante, Diolange Lopes Carneiro, comemorou o sucesso da cirurgia e disse que a alta hospitalar está cada vez mais próxima

Jovem está internada em Goiânia, há 50 dias, desde o acidente que deixou 60% do seu corpo queimado durante uma aula de química, em Anápolis. (Foto: Arquivo Pessoal)

A estudante Annelise Lopes Andrade passou pela segunda cirurgia de enxerto de pele, nesta terça-feira (19) e está mais perto de receber alta hospitalar. A jovem se encontra internada há 50 dias em um hospital de Goiânia. O acidente deixou 60% do seu corpo queimado durante uma aula de química, em Anápolis.

Nas redes sociais, a mãe da estudante, Diolange Lopes Carneiro, comemorou o sucesso da cirurgia e disse que a alta hospitalar está cada vez mais próxima. “A primeira cirurgia de enxerto foi um sucesso. Pegou bem. Sábado (22), o médico vai avaliar o novo enxerto e logo receberá alta, pois ela tem respondido bem ao tratamento”, explicou a mãe.

Momento de fé e descontração

Em vídeo encaminhado ao Mais Anápolis, a estudante escuta e canta uma música gospel. Os dias na enfermaria do Hospital Estadual de Urgências Governador Otávio Lage (HUGOL) tem cada vez mais se tornado um lugar de esperança até que mãe e filha possam ir para casa.

Leia outras reportagens sobre Annelise

Estudante de 16 anos sofre graves queimaduras durante explosão em colégio de Anápolis

Em Anápolis, família da estudante que teve 60% do corpo queimado faz campanha para doação de sangue