Ex-secretário de Educação de Sítio D’Abadia é acusado de estupro de vulnerável

Homem, que também atuava como professor, teria se relacionado sexualmente com duas alunos menores de 14 anos

Ex-secretário de Educação de Sítio D’Abadia foi acusado por estupro de vulnerável. Ele teria mantido relações sexuais com duas alunas (Foto: divulgação/Corpo de Bombeiros)
Ex-secretário de Educação de Sítio D’Abadia foi acusado por estupro de vulnerável. Ele teria mantido relações sexuais com duas alunas (Foto: divulgação/Corpo de Bombeiros)

Um ex-secretário municipal de Educação de Sítio D’Abadia foi acusado por estupro de vulnerável. A denúncia foi feita pelo Ministério Público e aceita pela Justiça de Goiás. O réu, que também atuava como professor na rede estadual, se relacionava amorosa e sexualmente com alunas adolescentes com menos de 14 anos. O homem está foragido.

De acordo com a Polícia Civil, as apurações tiveram início após denúncias de populares ao Conselho Municipal da cidade. Os crimes teriam sido cometidos na época em que o homem ocupava os cargos de professor e secretário de Educação.

Ex-secretário de Educação de Sítio D’Abadia acusado de estupro de vulnerável é procurado

Conforme as investigações, o homem se relacionou com duas adolescentes menores de 14 anos, alunas da rede municipal e estadual. Nos aparelhos celulares e notebooks apreendidos do suspeito, a Polícia encontrou inúmeras fotos íntimas de adolescentes que residem na região.

O ex-secretário, que não teve o nome divulgado, teve a prisão preventiva decretada pela Justiça. O homem está foragido e é procurado pela Polícia Civil.Ele responde por estupro de vulnerável, pornografia infantojuvenil e aliciamento de menores para fins libidinosos.