Família de motociclista morto em Anápolis espera por justiça e programa manifestação

Manifestação está prevista para acontecer em frente a Central de Flagrantes da Polícia Civil na região central. Local em que o suspeito se apresentou com o advogado na última quarta-feira (12), mas não foi preso

Wilkinson Leles do Nascimento, de 38 anos, que trabalhava como entregador por aplicativo, morreu ao ser atingido por um carro na noite de domingo (9). (Foto: Arquivo Pessoal)

Familiares de Wilkinson Leles do Nascimento, motociclista, de 38 anos, vítima de um acidente de trânsito no último domingo (09), organizam uma manifestação na tarde deste sábado (15), em Anápolis. O objetivo é pedir justiça pela morte do entregador de aplicativo que deixou um filho de 12 anos.

“Não foi um acidente, o motorista estava embriagado. Faremos essa manifestação para que esse caso não caia no esquecimento e que o criminoso seja preso”, expõe a tia da vítima Irene Leles.

O principal suspeito do caso, o advogado Sérgio de Moraes, segue em liberdade. A justiça determinou a prisão preventiva do investigado na última segunda-feira (10).

Sérgio de Moraes foi visto por testemunhas visivelmente embriagado na hora do acidente. De acordo com o delegado titular da Delegacia de Investigação de Crimes de Trânsito, Manoel Vanderic, o suspeito ainda descartou uma garrafa de vinho no local colhida pela perícia.

A manifestação está prevista para acontecer em frente a Central de Flagrantes da Polícia Civil na região central. Local em que o suspeito se apresentou com o advogado na última quarta-feira (12), mas não foi preso.

MP investigará apresentação em Central de Flagrantes

Por conta da apresentação e a liberação do investigado. A 11º Promotoria do Ministério Público em Anápolis vai apurar se houve ilegalidade por parte da polícia civil na condução do caso que possa eventualmente configurar ato de improbidade administrativa.

Entenda o caso

O acidente aconteceu por volta de 20h15 do último domingo(09). Câmeras de segurança flagraram o momento que o motorista do carro atinge em cheio o
motociclista que seguia pela Avenida Presidente Vargas.

O homem não prestou socorro à vítima. Uma equipe do Corpo de Bombeiros foi ao local e encaminhou o motociclista ao hospital, mas, segundo a corporação, ele morreu antes de chegar à unidade hospitalar.

Por @lucasalmeidajor do Mais Anápolis Foto: Reprodução