Agência O Globo

Fast Shop sofre ataque hacker, conta no Twitter é invadida e site fica fora do ar por horas

Post na rede social, já apagado, anunciava fechamento temporário das lojas, o que a empresa negou ter acontecido. App também foi atingido

Fast Shop sofre ataque hacker, conta no Twitter é invadida e site fica fora do ar por algumas horas (Foto: Divulgação)
Fast Shop sofre ataque hacker, conta no Twitter é invadida e site fica fora do ar por algumas horas (Foto: Divulgação)

A varejista Fast Shop sofreu um ataque racker nesta quarta-feira que manteve o site e o aplicativo do e-commerce fora do ar por algumas horas. O Twitter da empresa também foi invadido. Uma publicação, que já foi deletada, anunciava o fechamento temporário das lojas físicas e o adiamento dos pedidos feitos pela internet, pedindo desculpas pelos transtornos. A Fast Shop informou que acionou os protocolos de segurança e os serviços foram restabelecidos, e funcionam normalmente.

Em nota, a companhia declarou que as lojas físicas continuam abertas e operando regularmente em todo país, ressaltando que “toda a base de informações da empresa está sob rígidos processos de segurança e não houve evidências de danos aos dados de nossos clientes”.