FolhaPress

Filho de Chorão viraliza ao dizer que o pai era fã de Rayssa Leal

Vídeos da atleta de 13 anos fizeram sucesso após cantor ter morrido

Filho de Chorão viraliza ao dizer que o pai era fã de Rayssa Leal
(Foto: Montagem/Reprodução Redes Sociais)

A medalha de prata conquistada por Rayssa Leal, 13, nas Olimpíadas de Tóquio deixou os fãs do skate e os que nunca tinham tido contato com o esporte emocionados. Foi o caso de Alexandre Abrão, filho do cantor Chorão (1970-2013), cujas músicas são hinos até hoje para o primeiro grupo.

Só que o rapaz acabou cometendo uma gafe que viralizou nas redes sociais. Segundo Alexandre, o vocalista do Charlie Brown Jr. costumava assistir a vídeos “fadinha” do skate na internet e, antes de morrer, havia até feito previsões sobre a garota.

“Meu pai [Chorão] via essa menina andar de skate na internet e falava que ela ia longe”, contou. “Olha a Rayssa Leal nas Olimpíadas”, escreveu sobre uma foto da jovem atleta comemorando o excelente resultado.

Ocorre que Rayssa nasceu e 2008 e já declarou que começou a andar de skate aos 6 anos. Os vídeos dela fazendo manobras com uma fantasia de fada começaram a viralizar em 2015, quando Chorão já tinha morrido.

Os internautas, claro, começaram a brincar com a situação, o que fez com que Alexandre voltasse às redes sociais para esclarecer o fato. Ele disse ter se confundido e que, mesmo sem conhecer Rayssa, seu pai estaria muito feliz com a vitória dela.

“Ok, vamos lá. Parece que eu não sei fazer contas e que eu faço de tudo para aparecer”, ironizou. “Não muda o fato de que o fdp em questão ia estar pulando feito um caralho com a conquista de uma garotinha de 13 anos. Já foi, deixem de ser babacas”, escreveu o filho de Chorão.

Deputado defende trabalho infantil ao comemorar vitória de Rayssa nas Olimpíadas

deputado federal Sóstenes Cavalcante (DEM-RJ) publicou na madrugada desta segunda-feira (26) um texto em defesa do trabalho infantil e mencionou a skatista maranhense Rayssa Leal, 13, como exemplo para defender o seu posicionamento.

Rayssa, a Fadinha, como é conhecida, conquistou a medalha de prata na categoria street das Olimpíadas de Tóquio-2020. A atleta pratica o esporte desde os seis anos.

“As crianças brasileiras de 13 anos não podem trabalhar, mas a skatista Rayssa Leal ganhou a medalha de prata na Olimpíadas… Ué! É pra pensar… Parabéns a nossa medalhista olímpica! E revisão do Estatuto da Criança e Adolescente já!”, disse em suas redes sociais. Leia na íntegra AQUI!

Tatá Werneck publica foto da filha com skate para homenagear meninas na Olimpíada; VEJA