Funcionários são presos por furtar R$ 2 milhões em frango de empresa em Trindade (GO)

Um empresário de Goiânia também foi detido por participar do esquema

Funcionários são presos por furtar 4 mil kg de frango em empresa de Trindade (Foto: Polícia Civil)

Três funcionários de uma empresa foram presos pela Polícia Civil por participarem de um esquema de furto de frango congelado, em Trindade, região metropolitana de Goiânia. Os três atuavam como motorista, gerente e estoquista da companhia e levaram 4 mil kg em frangos. Um empresário também foi preso na terça-feira (2), em Goiânia, por fazer parte do esquema.

Segundo a polícia, o estoquista separava os frangos comprados por clientes e adicionava 10% a mais no peso original vendido. Depois, o gerente conferia o peso, aprovava a mercadoria e autorizava o carregamento. Então, entrava em ação o motorista que entregava os frangos para receptadores por preços abaixo daqueles comercializados pela indústria.

Já o empresário negociava o preço dos frangos com os clientes. O esquema durou cerca de um ano e o prejuízo causado na empresa é de R$ 2 milhões.

O crime foi descoberto após um cliente denunciar que o empresário vendia os frangos com preços abaixo do mercado. Os quatro seguem presos e, caso condenados, podem pegar até 12 anos de reclusão pelos crimes de associação criminosa e receptação qualificada.

LEIA MAIS

Catador de papel suspeito de estupro de vulnerável e furto em clínica de Goiânia é preso

Lavador de carros admite que furtou cartão de cliente e gastou R$ 500, em Catalão

Trio é preso suspeito de furtar eletrodomésticos e merenda de escola pública, em Trindade

*Jeice Oliveira compõe programa de estágio do Mais Goiás sob supervisão de Alexandre Bittencourt