General Pazuello é confirmado como ministro interino da Saúde

A expectativa é que ele seja o responsável por dar aval ao novo protocolo sobre o uso da cloroquina para tratamento de pacientes diagnosticados com a covid-19

O presidente Jair Bolsonaro tornou ministro efetivo o general Eduardo Pazuello, que exercia a função de interino no Ministério da Saúde. (Foto: reprodução)
General Eduardo Pazuello, ex-ministro da Saúde (Foto: Reprodução)

Um dia após Nelson Teich pedir demissão do Ministério da Saúde, o Governo Federal confirmou o general Eduardo Pazuello como titular interino da Pasta. A expectativa é que ele seja o responsável por dar aval ao novo protocolo sobre o uso da cloroquina para tratamento de pacientes diagnosticados com a covid-19.

Pazuello chegou ao Ministério da Saúde para ser o braço direito do então ministro Nelson Teich. Agora, ele assume o comando interino da pasta após o médico pedir demissão depois de ficar menos de um mês à frente da pasta.

Nascido no Rio de Janeiro, Pazuello formou-se como oficial de intendência na Academia Militar das Agulhas Negras. O general comandou o 20° Batalhão Logístico Paraquedista e foi diretor do Depósito Central de Munição. Em 2014, foi promovido a General-de-Brigada e a General de Divisão, em 2018.

O general é o terceiro ministro da Saúde do governo Bolsonaro. Luiz Henrique Mandetta e Nelson Teich deixaram o cargo após desentendimento com o presidente quanto ao isolamento social e uso da cloroquina.

Com informações da CNN.