Bang ShowBiz

Glória Perez e Raul Gazolla ganham ação de 500 salários após assassinato de Daniella Perez

Segundo colunista Léo Dias, Guilherme de Pádua e Paula Thomaz, autores do crime, não tinham bens para serem penhorados

Glória Perez e Raul Gazolla – respectivamente mãe e viúvo da atriz Daniella Perez, assassinada em 1999 – ganharam na justiça uma indenização por danos morais e materiais de Guilherme de Pádua e Paula Thomaz, autores do crime.

De acordo com o colunista Leo Dias, a ação foi julgada pela 7ª Câmara Cível do TJ/RJ, sob a relatoria do desembargador Paulo Gustavo Horta, que após averiguar o processo deu ganho de causa para Glória e Raul, condenando Guilherme e Paula a pagarem 500 salários mínimos para cada um dos autores por dano moral.

Além disso, os dois réus deveriam arcar com o pagamento das despesas do sepultamento e funeral, na ordem de cinco salários mínimos, além das custas processuais e honorários de advogado de 10% sobre a condenação.

A decisão foi publicada no Diário Oficial em maio de 2002, mas até outubro do mesmo ano nenhuma das partes havia recebido o valor.

Diante do impasse, Glória e Raul entraram novamente na justiça exigindo o pagamento, no entanto, nenhum dos dois condenados, segundo o colunista, tinha bens para penhorar.

O processo caminhou até 2005, quando Paula Thomaz ajuizou ação de autoinsolvência sustentando não possuir patrimônio para saldar a dívida. Diante do caso, a justiça acatou o pedido de Paula, mas isso não significa que ela não vá ter que pagar com juros e correção monetária.