Goiás tem 61 infectados pela H3N2 – contágio atinge 18 em Goiânia

A maior concentração de registros ocorre em Rio Verde, com 33 casos de residentes identificados, e em Goiânia, com 18 casos

O número de infectados pela gripe H3N2 subiu para 61, em Goiás. O contágio, que antes era de 13 em Goiânia, passou para 18 na capital. (Foto: Marcello Casal Jr/Mais Goiás)
O número de infectados pela gripe H3N2 subiu para 61, em Goiás. O contágio, que antes era de 13 em Goiânia, passou para 18 na capital. (Foto: Marcello Casal Jr/Mais Goiás)

O número de infectados pela gripe H3N2 subiu para 61, em Goiás. O contágio, que antes era de 13 em Goiânia, passou para 18 na capital. As atualizações foram repassadas pela Secretaria da Saúde (SES-GO), nesta quinta-feira (23).

De acordo com a pasta, a maior concentração de registros ocorre em Rio Verde, com 33 casos de residentes identificados, e em Goiânia, com 18 casos de moradores do município. Também há 5 casos em Aparecida de Goiânia, 1 em Anápolis, 1 em Caçu, 1 em Porangatu, 1 em Catalão e 1 em Trindade.

Ainda conforme a SES-GO, a circulação do vírus H3N2 em Goiás reforça a necessidade dos mesmos protocolos de segurança necessários contra a Covid-19, como uso de máscara, higienização das mãos, preferência a locais bem arejados e, sobretudo, a busca da vacina disponível nos postos de saúde nos municípios.

Dados mais recentes disponíveis mostram que a cobertura vacinal contra a Influenza no Estado está em 73%.

A pasta orienta, ainda, que, caso a pessoa tenha sintomas gripais, como febre, tosse e coriza, procure atendimento médico.

Aumento de casos de gripe H3N2 em Goiânia

Mais cedo, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Goiânia informou que 13 casos haviam sido confirmados na capital.

No entanto, a Secretaria da Saúde de Goiás (SMS) disse que o número de contaminados no município é de 18 pessoas.