Goiás tem financiamento para ajuste fiscal aprovado pelo Ministério da Economia

Estado receberá US$ 510 para pôr em prática o programa de sustentabilidade fiscal, econômica e ambiental

Goiás tem financiamento para ajuste fiscal aprovado pelo Ministério da Economia
Foto: Marcello Casal Jr. - Agência Brasil

A Comissão de Financiamentos Externos (Cofiex) do Ministério da Economia aprovou o financiamento internacional para o estado de Goiás e para as cidades de Recife e Rio de Janeiro. O dinheiro tem como objetivo capacitar gestores para economizarem gastos, aumentarem receitas e tornarem mais eficiente a administração dos recursos públicos.

No total, Goiás, Recife e Rio de Janeiro receberão US$ 749,24 milhões. Deste total, US$ 510 milhões virão para o estado. Com esses recursos, deverá ser posto em prática o programa de sustentabilidade fiscal, econômica e ambiental. Em 24 de dezembro, o estado aderiu ao Regime de Recuperação Fiscal (RRF), dois anos após decretar calamidade nas contas públicas.

A cidade do Rio de Janeiro receberá US$ 135,24 milhões, também do Banco Mundial. Já a capital pernambucana foi autorizada a contrair financiamento de US$ 104 milhões do Banco Interamericano de Desenvolvimento com a mesma finalidade.

De acordo com o Ministério da Economia, o empréstimo do Bird ocorre no âmbito do programa. O RRF prevê a suspensão do pagamento das dívidas de estados com dificuldades financeiras em troca de um programa de ajuste fiscal.

Com informações de Agência Brasil