Estadao Conteúdo

Gómez, Hulk e Gabriel são finalistas do prêmio Rei da América de 2021

Zagueiro do Palmeiras foi campeão novamente da Libertadores pelo Palmeiras

Gustavo Gomez campeão da Libertadores
Zagueiro do Palmeiras está na final contra dois brasileiros na disputa pelo Rei da América. Foto: Cesar Greco - Palmeiras

O prêmio Rei da América definiu nesta segunda-feira (27) seus quatro finalistas. Bicampeão da Libertadores em 2021, Gustavo Gómez é o único representante do Palmeiras na disputa. O zagueiro paraguaio compete ainda com os brasileiros Hulk, do Atlético-MG, e Gabriel, do Flamengo, além do atacante argentino Julián Álvarez, do River Plate.

Hulk foi artilheiro do Campeonato Brasileiro em 2021 (19 gols) e ajudou o Atlético-MG a chegar às semifinais da Libertadores, sendo eliminado pelo campeão Palmeiras. Gabriel, por sua vez, carimbou a artilharia da principal competição continental, assinalando 11 tentos. Julián Álvarez, de 21 anos, foi campeão argentino com o River Plate.

Único defensor na disputa, Gustavo Gómez se destacou na campanha do título da Libertadores, conquistado há um mês em Montevidéu sobre o Flamengo, ao iniciar a jogada do primeiro gol do Palmeiras na decisão. O paraguaio foi o responsável pelo lançamento que encontrou Mayke na ponta. O lateral-direito cruzou, e Raphael Veiga balançou as redes.

O último vencedor da premiação entregue pelo jornal uruguaio El País foi o atacante Marinho, do Santos, fugindo à tradição de entregar o prêmio para jogadores campeões da Libertadores. Gabriel e Luan (Corinthians) ganharam o título de melhores da América em 2019 e 2017, respectivamente. Neymar já levou o troféu duas vezes, em 2011 e 2012.

A eleição do Rei da América segue pelo site do periódico uruguaio ao longo da noite desta segunda-feira. O jornal também elegerá o time ideal e o melhor treinador de 2021.