Governo de Goiás proíbe pesca em municípios da Bacia do Rio Araguaia

Medida vale de 1º a 5 de abril e pode ser prorrogada

Foto: Agnaldo Felix/Semad

O governo de Goiás publicou, na última sexta-feira (26), uma instrução normativa que proíbe a atividade pesqueira em todos os municípios situados na região da Bacia do Rio Araguaia. A medida, segundo a Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semad), tem como objetivo diminuir o fluxo de pessoas e aglomerações neste período de pandemia e passa a valer entre do dia 1º até o dia 5 de abril.

A proibição pode ser estendida a depender, conforme a Semad, da situação de agravamento do nível de contágio pelo novo coronavírus nesses municípios. “Alertamos a todos que ainda está vigente o Decreto nº 9.674, de 10 de junho de 2020, editado pelo governador Ronaldo Caiado, que proíbe todas as atividades que envolvem aglomerações nas regiões do Araguaia”, relembrou a titular da secretaria, Andréa Vulcanis.

A pasta ressaltou também que, caso as pessoas persistam no descumprimento da medida, “podem ser alvos de fiscalização e, consequentemente, serem multadas”. “É importante a compreensão de todos, pois esse não é o momento de realizarmos atividades de pescaria, campeonatos de pesca esportiva, entre outros. É importante ficarmos em casa e, assim, protegermos as nossas famílias, as famílias das populações ribeirinhas”, finaliza a secretária.