Grávidas devem retornar ao trabalho presencial, diz lei sancionada

A medida aprovada modifica uma lei que estava em vigor desde o ano passado

grávida trabalhando durante a pandemia da Covid 19
Lei , já em vigor, especifica casos em que as gestantes podem continuar no trabalho remoto sem prejuízos na remuneração ( Foto: Reprodução )

As gestantes com ciclo vacinal completo contra a covid-19, devem retornar ao trabalho presencial de acordo com nova lei sancionada pelo presidente Jair Bolsonaro e publicada no diário oficial, na última semana.

Só continuam no teletrabalho aquelas mulheres cujo o quadro seja considerado gravidez de risco ou ainda não são consideradas completamente imunizadas contra a Covid 19, de acordo com as regras do Ministério da Saúde.

O infectologista Marcelo Daher, avalia que a vacinação avançou e reduziu a gravidade da doença. Ao Mais Anápolis, o especialista lembra que o esquema vacinal para as gestantes foi colocado como prioridade, e a vacina se mostrou segura e eficaz.

“Nós temos medidas para minimizar as doenças, por exemplo, o vírus Influenza ele pode ser mais grave nas gestantes, mas costumamos fazer vacinação nelas, e com isso não impedimos elas de trabalharem. Com a Covid eu vejo da mesma forma”, argumenta.

A nova lei, estabeleceu as normas técnicas para o retorno ao regime presencial das gestantes. O retorno é obrigatório para mulheres grávidas após o encerramento do estado de emergência da Covid-19 e com o completo da vacinação com às duas doses ou dose única, além dos reforços disponíveis. Em caso de recusa a se vacinar ela haverá de assinar um termo de responsabilidade e também retornar ao trabalho.

Dr. Marcelo explicou a reportagem do Mais Anápolis, que é dever da grávida ter uma vida saudável e ter responsabilidade nesse momento. “É dever da gestante se vacinar, se ela quer ter menos gravidade na gestação. Então entendo ser importante que ela se vacine.”, orienta.

Em Anápolis as grávidas podem procurar as unidades de saúde, para serem imunizadas, nos seguintes horários:

– Das 08h às 21h (mediante distribuição de senhas)
Unidades de saúde Anexo Itamaraty, Bandeiras e Bairro de Lourdes

– Das 08h às 16h (mediante distribuição de senhas)
Unidades de saúde Arco-Íris, Arco Verde, São José, Parque dos Pirineus e São Carlos