Grupo é preso suspeito de aplicar golpe em Programa “Pai Solteiro”, em Cristalina (GO)

Suspeitos foram liberados após prestarem depoimento por não haver situação de flagrante

“Pai Solteiro”: Grupo é preso por criar aplicativo que falsifica documentos e permite acesso ao auxílio de beneficiários em Cristalina
“Pai Solteiro”: Grupo é preso por criar aplicativo que falsifica documentos e permite acesso ao auxílio de beneficiários em Cristalina (Foto: Divulgação/Polícia Civil)

A Polícia Civil prendeu cinco membros de um grupo criminoso suspeito de criar um aplicativo que falsifica documentos para ter acesso a contas de beneficiários do Programa “Pai Solteiro”. Os cinco foram localizados na quinta-feira (5), próximo a uma agência bancária de Cristalina, Entorno do Distrito Federal (DF). Eles foram encaminhados para a delegacia, onde prestaram depoimento e foram liberados.

Aplicativo cria documentos falsos

A polícia recebeu uma denúncia com relatos de golpes à benefíciarios do Governo Federal em agências de um banco federal e que um grupo rondava a agência com frequência. Os policiais foram até o local para averiguar e descobriram que criminosos criaram um aplicativo que confecciona Carteiras de Habilitação Nacional (CHN) falsas e usam esses documentos para ter acesso a contas de beneficiários do programa.

Com os dados dos beneficiários, os suspeitos iam até a agência e mudavam o e-mail e o número de contato. Depois, conseguiam entrar no aplicativo do banco e alteravam a senha de acesso, o que permitia a movimentação do dinheiro do benefício.

Ao fazer buscas pela região, a equipe localizou os suspeitos e efetuou a prisão. Os cinco alegaram que eram de outras cidades e que estavam em Cristalina para passar o final de semana em uma chácara de um amigo, mas a polícia não acreditou na alegação e os encaminhou para a delegacia.

Suspeitos liberados

O quinteto foi autuado por estelionato e organização criminosa, prestaram depoimento e foram liberados por não estarem em situação de flagrante. Outros cinco suspeitos já foram identificados pela equipe. As investigações continuam. O programa “Pai Solteiro” disponibiliza um auxilio de R$ 3 mil para pais que cuidam dos filhos sozinhos.

LEIA MAIS

Homem que fingia ser policial para aplicar golpes em produtores rurais é preso em Goiânia

Jovem suspeito de aplicar golpe de mais de R$ 7 mil contra idosa é preso em Goiânia

‘Estelionatário do amor’ é preso suspeito de aplicar golpes em mulheres

*Jeice Oliveira compõe programa de estágio do Mais Goiás sob supervisão de Artur Dias