Guerrero espera dispensa da seleção para pegar o Goiás

"A respeito desses dois jogos (do Peru), eu espero estar em um e voltar. Mas isso eu conversarei com o treinador da seleção. Vamos ver o que acontece no primeiro jogo contra o Paraguai, que é lá [em Assunção]. Vai depender muito do resultado", afirma atac

Convocado para defender o Peru em dois amistosos contra o Paraguai, nesta sexta-feira, em Assunção, e depois na terça, em Lima, Paolo Guerrero revelou que tem esperança de poder defender o Corinthians contra o Goiás, na próxima quarta, em Goiânia, pela 35ª rodada do Campeonato Brasileiro. Para isso, o atacante disse que espera ser dispensado pelo técnico da seleção peruana, Pablo Bengoechea, após o primeiro confronto diante dos paraguaios.

Por ter sido convocado para estes dois amistosos, Guerrero é desfalque certo do time corintiano para o jogo deste domingo, contra o Bahia, às 17 horas, em Salvador, pela 34ª rodada do Brasileirão, mas vê um possível bom desempenho neste primeiro duelo contra os paraguaios como determinante para uma possível dispensa da segunda partida contra o rival sul-americano.

“A respeito desses dois jogos (do Peru), eu espero estar em um e voltar. Mas isso eu conversarei com o treinador da seleção. Vamos ver o que acontece no primeiro jogo contra o Paraguai, que é lá [em Assunção]. Vai depender muito do resultado”, afirmou Guerrero, por meio de entrevista em vídeo ao site oficial do Corinthians.

Após cumprir dois jogos de suspensão, Guerrero voltou marcando o gol do Corinthians na vitória por 1 a 0 sobre o Santos, no clássico do último domingo, no Itaquerão. Com o resultado, a equipe corintiana se garantiu na quinta posição do Campeonato Brasileiro, com 57 pontos.