Homem com histórico de homicídio, drogas e abuso sexual é preso em Goianésia (GO)

Mãe do suspeito também foi presa por levar drogas para que o filho traficasse dentro do presídio de Goianésia

Condenado por homicídio qualificado em Pernambuco e suspeito de tráfico de drogas e estupro é preso em Goianésia
Condenado por homicídio qualificado em Pernambuco e suspeito de tráfico de drogas e estupro é preso em Goianésia (Foto: Divulgação/Polícia Civil)

Um homem de 23 anos, condenado por homicídio qualificado em Lagoa Grande (PE), foi preso em Goianésia (GO), no sábado (30). O homem também é suspeito de praticar abuso sexual e traficar drogas em Barro Alto (GO). Os crimes cometidos em solo goiano aconteceram há cerca de cinco meses. Após descobrir que foi condenado em Pernambuco, o suspeito tentou fugir da fazenda na qual havia se escondido em Goianésia, mas foi localizado e preso.

Homicídio em Pernambuco

O primeiro crime aconteceu em outubro de 2017 quando o suspeito e um comparsa mataram um homem de 29 anos e abandonaram o corpo em um terreno baldio, atrás de uma loja de materiais para construção. Meses após o crime, a dupla foi presa pela Polícia Civil de Pernambuco, mas conseguiu um recurso para responder pelo crime em liberdade. Foi então que o suspeito se mudou para Barro Alto.

Lá, teria cometido abuso sexual contra uma mulher e comercializado drogas.

Em 2018, a justiça pernambucana decretou a prisão preventiva dos dois e o suspeito, que estava em Goianésia, aguardou o resultado do julgamento detido na penitenciária da cidade.

Mãe no tráfico de drogas

No período em que ficou preso, o homem foi autuado por associação criminosa e tráfico de drogas após a polícia descobrir que sua mãe driblava a fiscalização e entregava porções de drogas para que o filho comercializasse dentro do presídio. A mulher foi presa pelos dois delitos.

Em dezembro de 2021, o homem foi posto em liberdade novamente.

No último dia 27 de abril, o Poder Judiciário de Pernambuco condenou o suspeito e o comparsa a 21 anos de reclusão em regime fechado por homicídio qualificado. Após descobrir sobre a condenação, o homem tentou fugir, mas foi localizado em uma fazenda e preso pela Polícia Civil após trocas de informações com a polícia pernambucana.

O sujeito foi levado para a delegacia de Goianésia, onde permanece à disposição do Poder Judiciário goiano.

Leia também no Mais Goiás

Jogo de baralho termina em morte após briga por suposta dívida de R$ 2,50 – suspeito está preso

Acusado de matar ex-namorada em Goiânia, em 2009, é condenado a 15 anos de prisão

Polícia encontra autor de latrocínio em Ipameri que era procurado desde 2018

*Jeice Oliveira compõe programa de estágio do Mais Goiás sob supervisão de Hugo Oliveira