Homem é condenado à morte por contrabandear série ‘Round 6’

O caso foi registrado na Coreia do Norte

Homem é condenado à morte por contrabandear Round 6
Homem é condenado à morte por contrabandear Round 6 - (Foto: Divulgação)

Um homem foi condenado à morte por vender cópias piratas da série sul-coreana ‘Round 6′ da Netflix. O caso aconteceu na Coreia do Norte, onde a plataforma de streaming é proibida.

No país, a pena para quem é pego consumindo o conteúdo ilegal é de cinco a 15 anos e para quem distribui pode ser prisão perpétua ou morte.

As informações da Radio Free Asia apontam, que as autoridades locais descobriram o crime depois que cerca de sete alunos do ensino médio assistiram a série após o homem ter vendido pen-drives com o conteúdo. Ele teria trazido cópias da série da China.

Aqueles que compraram o arquivo foram sentenciados a prisão perpétua, outros estudantes que assistiram a série foram sentenciados a cinco anos de trabalhos forçados.

Crime na Coreia do Norte

Desde o ano passado, a Coreia do Norte considera crime portar ou distribuir conteúdos da mídia capitalista, principalmente da Coreia do Sul e dos Estados Unidos. No país uma lei, chamada de “Eliminação do Pensamento e Cultura Reacionários” cria uma lista de atividades ilegais.