Homem é preso após atear fogo a carro roubado que não conseguiu vender, em Goiânia

Veículo foi roubado em um estacionamento dias antes e, na ocasião, uma pessoa foi esfaqueada

Homem é preso após atear fogo a carro roubado que não conseguiu vender, em Goiânia
Homem é preso após atear fogo a carro roubado que não conseguiu vender, em Goiânia(Foto: Divulgação/PM)

Um homem foi preso depois de supostamente atear fogo a um carro o qual é suspeito de roubar de um estacionamento situado no Setor Campinas, em Goiânia. Roubo ocorreu em 15 de julho e o incêndio, afirma a Polícia Militar (PM), e o incêndio teria ocorrido diante da frustração do homem ao não conseguir vender o veículo. De acordo com a corporação, a tentativa de venda ocorreu na Vila Itatiaia, também na capital.

A prisão ocorreu quando militares da Rotam estavam realizando um patrulhamento pela região da Vila Itatiaia, quando foram informados sobre o veículo em chamas. Quando chegaram no local, os policiais identificaram que as características do carro e o relato da aparência do suspeito eram semelhantes às do roubo ocorrido no último dia 15 de julho.

O Corpo de Bombeiros foi acionado para apagar as chamas do veículo e ninguém se feriu. Segundo os militares, a equipe iniciou um novo patrulhamento pelas proximidades e localizaram o homem, que ainda trafegava pelas ruas da região. Durante a abordagem, ele confessou que havia roubado o veículo dias antes.

Ainda durante a abordagem, o suspeito revelou que um segundo homem teria participado do assalto. Ele também foi localizado, junto com R$ 11 mil e uma motocicleta, que havia sido comprada com parte do dinheiro do roubo. Diante do flagrante, os dois homens foram presos e autuados pelos crimes de tentativa de latrocínio e receptação.