Homem mantém namorada em cárcere privado por cinco dias, em Quirinópolis (GO)

Vítima conseguiu pedir ajuda para uma amiga por meio de mensagem de texto

Homem espanca a ex e a mantém em cárcere privado por cinco dias, em Quirinópolis (GO)
Homem espanca a ex e a mantém em cárcere privado por cinco dias, em Quirinópolis (Foto: Ilustração/Pixabay)

Um homem de 34 anos é suspeito de espancar e manter a namorada em cárcere privado por cinco dias, em Quirinópolis, região sudoeste de Goiás. A vítima era impedida de sair na rua para as pessoas não vissem seus ferimentos. Ela conseguiu ser resgatada após enviar uma mensagem para uma amiga com pedidos por socorro. O homem, que trabalha como auxiliar de pedreiro, foi encaminhado para a delegacia na quarta-feira (3).

Para a delegada Camila Vieira, o suspeito contou que teve uma briga com a vítima e durante a discussão, deu um tapa no rosto da mulher, mas ela revidou. Ele então, se irritou e a agrediu com socos que resultaram em hematomas no rosto, ombros e várias partes do corpo.

Para que ela não registrasse um boletim de ocorrência contra ele e para impedir que alguém a visse machucada, ele trancou o portão da casa e não deixou a vítima, de 20 anos, sair do local.

Após cinco dias em cárcere, a mulher conseguiu enviar uma mensagem para uma amiga e relatar o que havia acontecido. A amiga acionou a polícia, que resgatou a vítima e prendeu o auxiliar de pedreiro por cárcere privado, ameaça e lesão corporal.

Segundo a delegada, os dois tinham um relacionamento de oito meses e começaram a morar juntos um dia após assumirem a relação.

O suspeito segue à disposição do Poder Judiciário.

LEIA MAIS

Motorista apanha na frente das filhas após colisão em estacionamento de supermercado de Catalão

Mulher esfaqueia homem por ciúmes de garota de programa, em Catalão (GO)

Suspeito de agredir irmãs menores por causa de dinheiro para cerveja, é preso em Anápolis

*Jeice Oliveira compõe programa de estágio do Mais Goiás sob supervisão de Alexandre Bittencourt