FolhaPress

Homem processa vidente por não remover maldição de ex-namorada nos EUA

Americano pagou R$ 5.500, mas não viu melhora em seu casamento

Cartas de Tarô
Homem processa vidente por não remover maldição de ex-namorada nos EUA (Foto: Personare)

Um americano está processando uma vidente que disse que poderia remover a maldição contra seu casamento feita por uma ex-namorada com a ajuda de uma suposta bruxa.

Mauro Restrepo, que mora em Los Angeles, afirma que a vidente Sophia Adams prometeu que ele voltaria a ser feliz se lhe pagasse US$ 5.100 (R$ 28 mil) para acabar com o feitiço. Mas após dar um sinal de US$ 1.000 (R$ 5.500), ele não percebeu nenhuma melhora em seu casamento, de acordo com seus argumentos no tribunal, onde processa Sophia por fraude e pede uma indenização de US$ 25 mil (R$ 137 mil).

Restrepo diz que procurou Sophia, que se define como “médium especializada no amor”, para ajudá-lo em uma fase matrimonial ruim. “Esse azar havia sido imposto” ao americano, segundo Sophia, “por uma bruxa contratada por sua ex-namorada”, segundo o processo.

Sophia teria dito a Restrepo que, a menos que a maldição fosse removida, o azar iria arruinar sua família. Ele diz no processo ter passado noites sem dormir e ter sofrido de ansiedade e angústia uma vez que a maldição não foi removida.