Homem que abusou de irmãs de três e 15 anos é preso em Goiânia

Crimes aconteceram nos meses de março e abril

Mãe e padrasto são suspeitos de torturarem criança de dois anos, em Goiânia
Mãe e padrasto são suspeitos de torturarem criança de dois anos, em Goiânia (Foto: Polícia Civil)

Policiais da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA) prenderam, nesta terça-feira (22), um homem suspeito de abusar sexualmente de duas irmãs, de três e 15 anos, no setor Jardim Ana Lúcia, em Goiânia. Apesar da prisão ter acontecido nesta terça-feira, os crimes aconteceram entre março e abril. O homem tem 41 anos.

A mãe das duas irmãs menores narrou aos policiais que se relacionou com o suposto autor por três meses. Ela disse que suspeitou do crime quando ouviu barulhos estranhos vindos do quarto da filha mais velha. À época, ela escutou o suspeito dizendo: “se contar para a sua mãe, você vai ver”.

Ainda segundo a mãe, a filha mais velha não quis contar o que ocorreu no quarto naquela noite, mas depois da insistência da mãe, declarou que o autor a obrigou a manter relação sexual mediante ameaça por várias vezes. Após esses fatos, a mãe ainda presenciou o investigado passando a mão na genitália de sua filha de apenas 3 anos.

“As penas somadas para os crimes, caso o autor seja condenado, chegam a 27 anos de reclusão. A autoridade policial da DPCA representou pela expedição de mandado de prisão preventiva do investigado. Após diligências, ele foi localizado pela Polícia Civil, encontrando-se agora à disposição do Poder Judiciário”, informou a Polícia Civil.

Investigado por guardar pornografia infantil é suspeito de estuprar o irmão, em Goiânia; leia.