Homem que divulgou fotos íntimas da ex através de perfil fake é preso em Planaltina

Vítima perdeu o emprego após o ex-namorado publicar fotos íntimas e vincular imagens com perfil da empresa onde trabalhava

Homem que divulgou fotos íntimas da ex através de perfil fake é preso em Planaltina
Homem que divulgou fotos íntimas da ex através de perfil fake é preso em Planaltina (Foto: Polícia Civil)

Um homem foi preso nesta sexta-feira (14) suspeito de usar um perfil fake nas redes sociais para divulgar fotos e vídeos íntimos da ex-namorada em Planaltina, região do Entorno do Distrito Federal (DF). A ex entrou com um pedido de medida protetiva contra o homem em agosto de 2021, mas o acusado não se intimidou e continuou a fazer ameaças e perseguir a moça, tanto presencialmente no local de trabalho dela quanto por mensagens.

No início de janeiro deste ano, o homem criou um perfil falso com o nome da ex-namorada em uma rede social e adicionou familiares, amigos e colegas de trabalho dela. No perfil, ele divulgou fotos e vídeos íntimos e com conteúdo pornográficos da mulher e veiculou com o perfil da empresa onde ela trabalhava, o que resultou na demissão da moça.

Homem que criou perfil fake também invadiu a casa da ex e ameaçou explodir a residência

Foi apurado que o acusado invadiu a residência da ex por cerca de quatro vezes e quebrou móveis e objetos pessoais da vítima. Em uma das invasões, o homem abriu a válvula do gás de cozinha e ameaçou explodir a casa com a vítima dentro da residência.

O acusado foi localizado e preso na casa da mãe e encaminhado para a delegacia onde prestou depoimento. O homem segue preso na Cadeia Pública de Planaltina de Goiás pelos crimes de stalking, ameaça, divulgação de vídeos íntimos em rede social e descumprimento de medida protetiva.

Leia outras notícias no Mais Goiás

Denúncias de tortura têm alta de 126% nos presídios de Goiás em 1 ano, diz Pastoral Carcerária

Preso suspeito de atacar e matar pastora com barra de ferro dentro de igreja, em Goiânia

Morta a marretadas pelo ex-marido estava separada há quatro meses e sofria ameaças, afirmam familiares

*Jeice Oliveira compõe programa de estágio do Mais Goiás sob supervisão de Alexandre Bittencourt