Homem que matou o atual namorado da ex poderá ficar preso por até 40 anos, diz delegado de Terezópolis de Goiás

Osiel poderá responder por homicídio e tentativa de homicídio, pois, segundo as investigações ele também tentou matar a ex com disparos de arma de fogo

Suspeito foi preso em ação conjunta da PM e PC (Foto: Divulgação)
Suspeito foi preso em ação conjunta da PM e PC (Foto: Divulgação)

Osiel Lemes Batista, de 44 anos, caso seja condenado poderá cumprir pena de até 40 anos de reclusão. É o que explica o delegado Jorge Bezerra, responsável pelas investigações em que o homem é suspeito de matar Leandro Rosa da Silva, de 18 anos, que era o atual namorado da ex dele, de 26. O crime aconteceu no dia 25 em Terezópolis de Goiás. Após a fuga, o autor retornou para a cidade e foi preso na tarde de quarta-feira (27).

Segundo o delegado, o Osiel poderá responder por homicídio e tentativa de homicídio, pois naquela manhã ele também tentou matar a ex com disparos de arma de fogo. Segundo a Polícia Civil, Osiel e a ex-mulher foram casados por três anos e a cerca de dois meses estavam separados. As investigações apontam que o autor não aceitava o término do relacionamento.

“Em razão de ciúmes por ver a ex com o atual namorado, com uma arma de fogo ele atirou e matou o jovem. Apuramos que ele ainda tentou matar a ex, só não conseguiu pois a arma falhou e ela entrou em luta corporal com ele”, disse o Jorge Bezerra.

Atualmente, o homem está detido na Cadeia Pública de Goianápolis. O delegado explicou que, “a prisão temporária dura 30 dias mas ela poderá ser convertida em prisão preventiva”, pontuou.

A reportagem do Mais Anápolis tentou contato com a defesa do investigado, porém, não obteve resposta. O espaço segue aberto.

Suspeito foi preso em ação da Polícia Militar e Polícia Civil

Após o crime, o suspeito fugiu e retornou na quarta-feira (27) buscando abrigo na casa onde a mãe dele mora. A Polícia Militar foi até o local para continuar as buscas e avistou Osiel, que tentou fugir pulando o muro do vizinho e se escondendo em um quarto nos fundos daquela casa.

Policiais da Companhia de Policiamento Especializado (CPE) de Anápolis e do Grupo de Radiopatrulha Aérea (Graer) também participaram da operação. O suspeito foi levado para a delegacia de Terezópolis. Após ser ouvido e passar por exame de corpo de delito, ele foi encaminhado para a Cadeia.

Suspeito estava foragido desde o dia do crime e retornou a cidade para se esconder na casa da mãe ( Foto: Reprodução – Polícia Militar )