Homem tenta queimar aranha com isqueiro, causa incêndio florestal e é preso, nos EUA

Policiais disseram que americano "não parecia estar sob influência de maconha"

Policiais disseram que homem
Imagem: Reprodução/Youtube/NBC

Na última quarta-feira (3), um homem foi preso no estado americano de Utah, suspeito de ter iniciado um incêndio florestal. Cory Martin, 26 anos, declarou à polícia que, enquanto fazia uma trilha em uma colina nos arredores da cidade de Springville, viu uma aranha e usou um isqueiro na tentativa de colocar fogo no animal.

Segundo informações do The Guardian, quando os policiais foram investigar os pertences de Cory, encontraram um pote com maconha. Entretanto, os agentes afirmaram que o suspeito “não parecia estar sob influência da substância”.

De acordo com o sargento Spencer Cannon, da polícia de Utah, não há evidências de que o homem tenha começado o incêndio intencionalmente, apesar de a decisão de colocar fogo na aranha ser “irresponsável” e “intrigante”.

“O que o levou a parar, notar a aranha e decidir queimá-la, nós não sabemos. Talvez não tenha um por quê. Talvez nem ele saiba”, opinou Cannon.

Segundo documentos acessados pelo Guardian, Cory Martin foi preso logo após o início do fogo, por suspeita de incêndio causado por imprudência e posse de maconha e acessórios para uso de drogas.

Até a última quinta-feira (4), ele ainda era mantido detido e nenhum advogado havia sido identificado.

Apesar do susto, que mobilizou até mesmo helicópteros, o incêndio iniciado pelo americano destruiu “apenas” 2 m² de vegetação, de acordo com o Corpo de Bombeiros dos EUA. Nenhuma residência foi atingida.

+ Homem provoca acidente ao tentar matar aranha dentro do carro, na Inglaterra

+ Criança de 4 anos brinca com isqueiro e causa incêndio em Minas Gerais

*Com informações do UOL