Homem vai a júri por tentar matar ex-esposa com capacete em Goiânia

Além de agredir ex-companheira, acusado roubou celular de uma amiga dela

Homem vai a júri popular após tentar matar a ex-esposa com capacete
Homem vai a júri popular após tentar matar a ex-esposa com capacete (Foto: Reprodução)

Um homem acusado de tentar matar a ex-esposa com um capacete foi mandado a Júri popular . O crime ocorreu no dia 19 de janeiro de 2020, no setor Jardim América, em Goiânia. Além de agredir a ex-companheira, Elenice Rodrigues dos Santos, o acusado roubou o celular da amiga da vítima antes de fugir. A decisão foi recebida no dia 29 de outubro pelo titular da 3ª Vara dos Crimes Dolosos contra a Vida, juiz Jesseir Coelho de Alcântara.

Segundo o depoimento da vítima, Caio Cezar Alves de Aguiar e ela tiveram um relacionamento de cinco meses, marcado por agressões verbais e físicas. Devido a isso, a vítima decidiu se separar e foi morar com uma amiga. O acusado então começou a enviar diversas mensagens ameaçadoras.

Homem invadiu residência

Poucos dias após a separação, os dois se encontraram na rua e o homem descobriu a casa onde a ex-mulher se abrigou, pulou o muro para dentro da residência, arrombou a porta e a agrediu com chutes, socos e golpes com um capacete. Elenice desmaiou e foi levada a um hospital.

Após perceber que a mulher estava desacordada, o acusado roubou o celular da amiga que forneceu abrigo, fez ameaças contra ela e fugiu logo em seguida. Após receber atendimento médico, Elenice registrou um boletim de ocorrência. O suspeito foi preso em flagrante, mas já teve a prisão preventiva decretada. O acusado segue detido no aguardo do julgamento.