Homens torturam família e filmam agressões após briga de trânsito em Valparaíso

No vídeo gravado pelos suspeitos, os homens humilham um homem enquanto matém a família dele em cárcere

Suspeitos de filmar tortura contra família após briga de trânsito são presos em Valparaíso
O rosto de dois dos homens que já foram presos está sendo divulgado pela polícia. O objetivo é tentar encontrar outras possíveis vítimas de roubo ou outros delitos na cidade de Valparaíso de Goiás cometidas pelos rapazes. (Foto: Divulgação – PC)

A Polícia Civil prendeu três homens suspeitos de torturar uma família e filmar as agressões em Valparaíso de Goiás. De acordo com os investigadores, o crime aconteceu logo depois de uma briga de trânsito, no último dia 2 de janeiro, por volta das 2h30, no bairro Jardim Ipanema. No vídeo gravado pelos suspeitos, os homens humilham um homem enquanto mantêm a família dele em cárcere. As imagens teriam sido feitas para que a vítima ‘servisse de exemplo’.

“Quem manda na quebrada é nois! Eu te dou três dias para você se mudar daqui. Não vou te matar, pra tu servir de exemplo”, diz um dos suspeitos no vídeo, que foi divulgado nas redes sociais. Segundo a polícia, além dos três homens que já foram presos, os agentes procuram por outros dois homens que teriam participado do crime.

Como as imagens são fortes, elas não serão divulgadas pelo portal.

O rosto de dois dos homens que já foram presos está sendo divulgado pela polícia. O objetivo é tentar encontrar outras possíveis vítimas de roubo ou outros delitos na cidade de Valparaíso de Goiás cometidas pelos rapazes. A divulgação foi procedida nos termos da Lei nº 13.869/2019 e da Portaria nº 547/2021.

Entenda melhor sobre suspeitos de filmar tortura contra família

Segundo a polícia, o homem que aparece no vídeo foi violentamente espancado pelos cinco suspeitos. Além disso, ele teve a família mantida em cárcere em um quarto. Tudo isso aconteceu após uma discussão de trânsito com um dos suspeitos.

Além das lesões causadas a uma das vítimas, o grupo roubou objetos das demais pessoas que estavam trancadas. As imagens chocantes que foram gravadas pelos suspeitos, foram publicadas na internet. No vídeo, os homens se dizem integrantes de uma facção criminosa.

Prisão

A investigação começou após terem sido divulgadas na internet. Segundo a polícia, após analisar o vídeo e efetuar buscas, os agentes civis identificaram três dos cinco coautores. Com um deles, a polícia apreendeu uma balança de precisão e um rádio comunicador.

Ainda segundo a corporação, dois dos três indiciados possuem passagens por crimes contra o patrimônio, sendo que um destes está em regime aberto.

Os investigadores acreditam que, além deste crime, os suspeitos comandam uma série de roubos no bairro Jardim Ipanema.

Agora, os três suspeitos estão detidos no presídio local, onde aguardarão a conclusão das investigações. Todos eles devem responder pelos crimes de tortura castigo, roubo com restrição de liberdade e organização criminosa.