Hospitais do Estado têm 88% de ocupação dos leitos de UTI para Covid-19

Apenas seis leitos estão disponíveis na rede estadual

Atualmente, a rede estadual tem 25 leitos de enfermaria destinados à Covid-19 e 50 para UTI (Foto: Ênio Medeiros)

Os hospitais administrados pelo Estado de Goiás estão com 88% de ocupação dos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) adulto destinados para o tratamento da Covid-19. De acordo com os dados da Secretaria de Estado da Saúde (SES), dos 50 leitos, apenas seis estão disponíveis na manhã deste domingo (5). 

Além da UTI, a enfermeira adulto também tem poucas vagas disponíveis: cerca de 76% dos leitos para pacientes em tratamento do coronavírus estão preenchidos e apenas seis estão disponíveis. 

Já nos leitos pediátricos, tanto na UTI como na enfermaria, a SES não registrou nenhum paciente. 

Atualmente, a rede estadual tem 25 leitos de enfermaria destinados à Covid-19 e 50 para UTI. Em nota, a SES informou que até o momento o Centro de Operações de Emergências em Saúde Pública para Enfrentamento ao Coronavírus, não solicitou o aumento de leitos. 

Ressaltou também que a maioria dos pedidos de leitos são cancelados após os resultados dos exames para Covid-19 serem negativos e que 60% das solicitações não chegam a internação. 

Segundo os dados da SES, Goiás já aplicou mais de 13 milhões de vacinas contra a Covid-29 e tem uma cobertura vacinal de 82,26% da primeira dose. Porém, mais de dois milhões de pessoas estão com a segunda dose em atraso.