Idosa é assassinada dentro do Hospital de Urgências de Goiânia; autor foi preso

Até o momento, não há informações sobre a motivação e detalhes do assassinato

Uma idosa foi assassinada dentro do Hospital de Urgências de de Goiânia (Hugo), na noite de quinta-feira (7). (Foto: Divulgação)
Uma idosa foi assassinada dentro do Hospital de Urgências de de Goiânia (Hugo), na noite de quinta-feira (7). (Foto: Divulgação)

Uma idosa foi assassinada dentro do Hospital de Urgências de de Goiânia (Hugo), no final da noite de quinta-feira (7). A vítima, de 75 anos, teria sido asfixiada enquanto respirava via traqueostomia. A informação foi repassada por funcionários do local à Polícia Militar. Segundo informações da Polícia Civil, o autor do crime foi preso em flagrante.

De acordo com o boletim de ocorrência registrado pela PM, a idosa estava internada em um leito de enfermaria quando o suspeito, de 47 anos, entrou no local, e, sem motivos aparentes, cometeu o assassinato. 

Ao Mais Goiás, o delegado Rhaniel Almeida disse que apurações iniciais apontam que o suspeito não possuía autorização para entrar no local em que a idosa estava internada. Ele afirma que as equipes da Polícia Civil estão na rua para intimar os funcionários do Hugo para prestarem esclarecimentos. A corporação também procura por câmeras de segurança que possam ter registrado o ocorrido.

A reportagem entrou em contato com a unidade de saúde em busca de um posicionamento e aguarda retorno.

LEIA MAIS

Idosa morta dentro do Hugo havia acabado de sair do coma, diz família

“Foi a pior notícia do mundo”, diz família de idosa morta no Hugo

Sobrinha de idosa morta no Hugo nega que hospital tenha prestado assistência à família

Hugo promete revisar medidas de segurança após possível homicídio de idosa

Suspeito de matar idosa em hospital de Goiânia diz que tentava limpar a traqueostomia da vítima