Internacionalização do Aeroporto Santa Genoveva está prevista para outubro, diz secretário

Wilder Morais destaca vantagens na mudança do perfil do aeroporto. Ação depende da assinatura do do termo que autoriza pousos e decolagens de voos internacionais

Internacionalização do Aeroporto Santa Genoveva está prevista para outubro, diz secretário (Foto: Divulgação/Infraero)
Internacionalização do Aeroporto Santa Genoveva está prevista para outubro, diz secretário (Foto: Divulgação/Infraero)

A internacionalização do Aeroporto Santa Genoveva está prevista para  a segunda quinzena de outubro. Isso porque, nesta data, será a realizada a assinatura do termo que efetiva o terminal a receber pousos e decolagens com destinos para fora do país.

De acordo com o secretário de Indústria, Comércio e Serviços, Wilder Morais, na última quinta-feira (26), houve o acerto dos últimos termos burocráticos junto com o superintendente da Infraero em Goiás, Antônio Sales.

Ele explica que a mudança do perfil do aeroporto depende do consenso de quatro órgãos: Polícia Federal (PF), Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e Receita Federal.

Três desses órgão já se manifestaram positivamente para a mudança. Falta apenas a Receita Federal avaliar alguns questões pontuais. Wilder destaca que essas demandas devem ser sanadas em dez dias. Depois, todo o processo será encaminhado à Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) para avaliação final e expedição da portaria que permite pousos e decolagens internacionais no Santa Genoveva.

Burocracia para a internacionalização

Apesar disso, Wilder afirma que a parte mais burocrática para a ação já encerrou. Tanto que guichês da PF que ajudarão no controle de passaportes já foram instalados no terminal.

Goiânia será a 31ª cidade do Brasil a contar com um aeroporto internacional. Mesmo com a proximidade com o Aeroporto do Brasília, o secretário ressalta que algumas companhias aéreas já sinalizaram interesse em operar no aeroporto goiano. A capital do Brasil atende voos para quatro países e tem previsão de outros três novos destinos até o final do ano

Além disso, a internalização do aeroporte, segundo o secretário, trará aumento de faturamento na unidade. Afinal, a tarifa do voo internacional é de R$ 118,06. Enquanto isso, a taxa do voo doméstico é de R$ 32,95. Outro ponto é o aumento de transporte de cargas internacional, bem como o fortalecimento do turismo local.

“Goiás tem inúmeras atrações turísticas, como as águas termais de Caldas Novas, seus inúmeros parques ambientais, as cidades históricas, além da sua capital, mas não contava com um aeroporto que recebesse passageiros vindos de outros países”, destaca.

O secretário conta que o presidente Jair Bolsonaro (PSL) será convidado para participar da solenidade da assinatura do termo.

Internacionalização do Aeroporto Santa Genoveva está prevista para outubro, diz secretário

Internacionalização do Aeroporto Santa Genoveva está prevista para outubro, diz secretário (Foto: Reprodução)