Lewandowski suspende condenação de Marcelo ‘Zói Verde’

Traficante, conhecido como o maior de Goiás, tinha recebido uma pena de 42 anos e cinco meses de prisão

Marcelo Gomes de Oliveira, conhecido como “Zói Verde”, agora está oficialmente livre. Em decisão assinada no dia 04 de abril, o ministro Ricardo Lewandowski decidiu suspender a condenação do traficante por considerar que a Justiça Federal é incompetente para julgar o caso. As informações são do G1.

Segundo a decisão, não ficou comprovado que Marcelo realizava tráfico internacional de drogas e, por isso, a Justiça Federal não poderia julgar tal ação. A defesa de quatro integrantes do grupo do traficante também pediu que o benefício se estendesse a eles, o que foi deferido. Por isso, também tiveram os procedimentos suspensos José Carlos Moreira da Cunha, Wender Cambraia de Souza, Vando Célio Pereira dos Santos e Erly de Rezende. A decisão tem caráter liminar, ou seja, o mérito ainda será julgado pela 2ª Turma do STF sem data definida.

Conhecido como o maior traficante de Goiás, Zói verde foi preso em maio de 2014, em Brasília. Em junho de 2015 ele foi condenado pela Justiça Federal a 42 anos e cinco meses de prisão. A defesa, contudo, entrou com recurso argumentando que a Sessão Judiciária do Estado era incompetente para julgar o caso. Ainda em 2015, Marcelo foi solto e nunca mais foi visto.