Lixeira é tomada por abelhas passageiras em Anápolis

De acordo com o Corpo De Bombeiros que esteve no local e realizou o isolamento, uma moradora deficiente física chamou a viatura após visualizar o fenômeno

Lixeira isolada tomada de abelhas em Anápolis. (Foto: BM)
Lixeira isolada tomada de abelhas em Anápolis. (Foto: BM)

Imagens registradas por um morador de Anápolis  mostram o momento em que abelhas passageiras se instalaram em uma lixeira próxima a uma escola infantil, no bairro Jandaia II etapa.

De acordo com o Corpo De Bombeiros que esteve no local e realizou o isolamento, uma moradora deficiente física chamou a viatura após visualizar o fenômeno.

“Elas estavam agitadas, se tratavam de abelha Europa, fizemos orientações aos moradores quanto aos cuidados nesse momento de ocorrências deste tipo”, explicou o Sgto José da unidade.

Nesta semana o Mais Anápolis noticiou o fenômeno de abelhas de transição que tem acontecido com frequência em Anápolis. O Corpo de Bombeiros da cidade inclusive tem recebido uma média de 10 chamadas por dia referentes a esse evento incomum e que geralmente assusta a população por não saber como lidar com os insetos.

Segundo o biólogo Murilo Luiz, a revoada de migração pode ter até 100 mil abelhas.

“Principalmente aqui no cerrado, o problema do desmatamento faz com que as abelhas procurem flores, um atrativo de sobrevivência diante da ação devastadora do homem, é importante que as pessoas não matem as abelhas, peçam ajuda, até porque são insetos polinizadores que auxiliam na nossa cadeia de produção”, explica o especialista.