Mãe que abandonou bebê em obra de Cristalina diz que criança é fruto de abuso sexual

Mãe da recém-nascida abandonada em um canteiro de obras disse em depoimento que não sabia como informar aos familiares que foi abusada e esta gravida do

Mãe que abandonou bebê em obra de Cristalina diz que a criança é fruto de estupro
Mãe que abandonou bebê em obra de Cristalina diz que a criança é fruto de estupro (Foto: Reprodução/Vídeo)

Em depoimento à Polícia Civil, a mãe da criança abandonada em um canteiro de obras em Cristalina (município do entorno do Distrito Federal) disse que cometeu o crime porque a família não sabia que ela estava grávida e, portanto, não poderia circular entre os parentes com o bebê. A mulher disse também que ficou grávida depois de ser vítima de abuso sexual – delito que também será investigado a partir de agora.

A mãe foi identificada na terça-feira (11) após a equipe médica do hospital, onde a recém-nascida estava internada, informar a Polícia Militar que uma mulher, que havia passado por um parto recentemente, buscou atendimento na unidade. Aos policiais, a mulher negou que havia abandonado a filha, mas, posteriormente, confessou o abandono por medo da reação dos parentes, uma vez que não havia contado que estava grávida.

A mulher, de 32 anos, não foi autuada em flagrante e após ser atendida foi encaminhada para a delegacia onde prestou depoimento.

Mãe conta que não sabia como contar sobre o abuso e a gestação para a família

Ao delegado Juliano Campestrini, responsável pelo caso, a mãe contou que a gravidez foi o resultado de um abuso sexual e por medo de ter que explicar para família que foi abusada, além de não saber como reagiriam, ela preferiu esconder os noves meses de gestação e abandonar a criança assim que nasceu.

Para não atrapalhar as investigações, a polícia não divulgou detalhes sobre o abuso sexual, apenas afirmou que investiga a sua veracidade.

A recém-nascida está sob os cuidados da assistência municipal de Goiânia.

Leia outras notícias no Mais Goiás

Pai de criança que morreu engasgada com tampa de garrafa desabafa: ‘Fiz de tudo para salvar ele’

Criança vítima de abuso sexual pede socorro à irmã em bilhete: ‘Liga para a polícia agora’

Bebê de 5 meses prende dedo em brinquedo e bombeiros têm de cortar o objeto, em Catalão

 

*Jeice Oliveira compõe programa de estágio do Mais Goiás sob supervisão de Alexandre Bittencourt