Mais de 1,2 mil novas empresas se registram de janeiro a agosto em Aparecida

Esse número já representa 85% de todos os 1.413 empreendimentos privados registrados no município em 2020

Casa do Empreendedor em Aparecida
Aparecida tem mais de 1,2 mil novas empresas registradas de janeiro a agosto deste ano (Foto: Enio Medeiros - Divulgação)

Aparecida de Goiânia teve 1.208 novas empresas registradas na cidade de janeiro a agosto deste ano. Esse número já representa 85% de todos os 1.413 empreendimentos privados registrados no município em 2020. Os dados são da Junta Comercial do Estado de Goiás (Juceg).

As estatísticas da Juceg não consideram as empresas do tipo micro empreendedor individual (MEI), que são criadas de forma autônoma e online no Portal do Empreendedor. Dados da prefeitura de Aparecida de Goiânia apontam que o município tem hoje quase 27 mil MEIs em atividade.

O superintendente de Micro e Pequenas Empresas de Aparecida, Elson Dias, afirma que este tipo de atividade têm uma grande capacidade de adaptação, o que possibilita presença massiva em cidades pequenas e grandes.

“Essa flexibilidade faz com que os micros e pequenos empreendimentos sustentem a economia também em momentos de crise, a exemplo agora, da pandemia”, avalia.

Escalonamento de atividades econômicas

Neste sentido, o escalonamento regional das atividades econômicas adotado pela Prefeitura de Aparecida para equilibrar o combate à Covid-19 e o funcionamento das empresas – que teve 98% de adesão no comércio e na indústria – fez a diferença, na avaliação do superintendente. Além de a administração municipal equipar e criar duas novas unidades da Casa do Empreendedor nos setores Garavelo e Village Garavelo.

A prefeitura de Aparecida projeta mais duas unidades, nos setores Cruzeiro do Sul e Santa Luzia, este último situado na Região Leste da cidade.

Entre 2010 e 2018, o Produto Interno Bruto de Aparecida cresceu 122%, conforme o IBGE.