Mário Frias é hospitalizado com dores no fêmur em Brasília

Apesar do susto, secretário foi atendido, hospitalizado e liberado para casa, onde trabalhará em regime de home office

Secretário especial da Cultura, Mario Frias demite 174 pareceristas da Lei Rouanet (Foto: Marcello Casal Jr - Agência Brasil)
Mário Frias é hospitalizado com dores no fêmur em Brasília (Foto: Marcello Casal Jr - Agência Brasil)

O secretário especial da Cultura do governo Bolsonaro, Mário Frias, foi hospitalizado no Hospital Alvorada (em Brasília) após sentir dores no fêmur na última terça-feira (23). A informação foi divulgada pela pasta nas redes sociais e, em seguida, compartilhada pelo ator, que tem 49 anos.

O post diz que Frias passou por uma avaliação, foi medicado e liberado para voltar para casa. O secretário trabalhará em home office.

 

Mário Frias é internado pela terceira vez desde que assumiu secretaria

Essa é a terceira vez que Frias é internado desde se tornou secretário de Cultura. Em dezembro do ano passado, ele deu entrada no Hospital Santa Luzia, na capital federal, com um princípio de infarto. Nesse processo, o ator passou por um cateterismo.

Em meio deste ano, ele apresentou um novo princípio de infarto e suspeita de angina aguda, que é o estreitamento das artérias que conduzem sangue ao coração. Ele foi submetido novamente a um cateterismo de emergência.

Veja a carreira de Mário Frias

O ator e apresentador carioca Mário Frias se destacou no fim dos anos 1990 com papel de protagonista em “Malhação“, na TV Globo. Recentemente ele pôde ser visto apresentando o programa de turismo “A melhor viagem” na Rede TV.

Sua estreia na TV foi em 1996, no seriado “Caça-talentos”, estrelada por Angélica. Depois do sucesso em “Malhação“, Frias foi sendo escalado para outras produções da Globo, entre elas “As filhas da mãe” (2001), “O quinto dos infernos” (2002) e “Senhora do destino”.