Material de obra cai e derruba telhado de loja no Setor Marista, em Goiânia

Dona do estabelecimento afirmou que problemas são recorrentes. Empresa responsável ressaltou que irá realizar os reparos necessários

Detrito de obra cai e derruba telhado de loja no Setor Marista, em Goiânia
(Foto: Reprodução/Arquivo Pessoal)

Detritos da construção de um prédio caíram em cima de uma loja na tarde e derrubaram o telhado do estabelecimento na tarde desta quarta-feira (5) no Setor Marista, em Goiânia. O empreendimento, localizado na rua 1126, é construído pela empresa Opus Incorporadora que, de acordo com a dona do estabelecimento, não tem tomado as medidas necessárias para impedir que problemas como esse ocorram.

A proprietária da loja, que pediu para não ser identificada, contou ao Mais Goiás que o incidente aconteceu por volta das 15 horas. Os detritos da obra caíram em uma casa que fica nos fundos da loja, onde funciona a parte administrativa. “Graças a Deus não tinha ninguém no local na hora, porque se tivesse tinha morrido”, afirmou.

Ela disse também que entrou em contato com o engenheiro da obra cerca de uma hora antes do ocorrido, para reclamar de outros objetos que estavam caindo no estabelecimento. Na ocasião, ele teria dito a ela que verificaria a situação e que iria até o local para verificar os danos.

A proprietária ressaltou também que não é a primeira vez que esse tipo de problema acontece. “Todo dia alguma coisa cai, e eles sempre consertam, mas não tomam as providências para que não se repita. Há três meses caiu alguma coisa e estragou o telhado da loja. Depois veio a chuva e alagou tudo”.

Por fim, a empresária pontuou que já pensou até em mudar a loja de lugar e que agora teme pela própria vida. “Eles não estão garantindo a nossa segurança. É sujeira e barulho o tempo todo, e agora é a nossa vida que está em risco. Não é a primeira vez que acontece. É uma empresa grande, que tem dinheiro, mas que não toma as providências. Chamei a Polícia e vou na justiça atrás dos meus direitos. Não aguento mais”, concluiu.

Por meio de nota, a Opus Incorporadora afirmou que o engenheiro responsável pela obra foi prontamente ao local para prestar o suporte necessário. A nota ressaltou também que os danos causados foram avaliados e que os reparos serão realizados.

“A OPUS lamenta o ocorrido, que felizmente não deixou feridos, e reforça que segue todos os procedimentos de segurança previstos na Legislação Brasileira, assim como as orientações da Análise de risco da obra para minimizar acidentes. Além de intensificar todos os procedimentos, a empresa também já está avaliando junto a equipe técnica todas as possíveis causas”, concluiu.