Mendanha diz que fará palanque para Bolsonaro mesmo que ele apoie Vitor Hugo

"Obviamente o Vitor Hugo se torna o candidato do Bolsonaro, mas isso não me impede de também fazer palanque para ele"

Mendanha pede que goianos não compartilhem fake news
Mendanha pede que goianos não compartilhem fake news (Foto: Rodrigo Estrela - Prefeitura de Aparecida)

Pré-candidato ao governo, Gustavo Mendanha (sem partido) disse que mantém apoio à reeleição de Bolsonaro (PL), mesmo o presidente optando por outro nome. Bolsonaro declarou apoio a Vitor Hugo (PL), nesta segunda-feira (28).

A fala do prefeito de Aparecida de Goiânia ocorreu durante coletiva em evento de assinatura do contrato entre a prefeitura e o Hospital Israelita Albert Einstein, que passa a gerir o Hospital de Aparecida (HMAP) Iris Rezende Machado.

“Continuo com esse alinhamento [com Bolsonaro]. Estarei trabalhando para ter outros partidos na base dele. Obviamente o Vitor Hugo se torna o candidato do Bolsonaro, mas isso não me impede de também fazer palanque para ele.”

Retrospecto

Anteriormente, o prefeito de Aparecida Gustavo Mendanha articulava para ser o candidato do PL. O vice dele, Vilmar Mariano (Podemos), acredita que o cenário é reversível.

“Ainda não tem nada definido. E se Gustavo chegar bem nas pesquisas – e ele vai chegar -, ele pode ter o apoio. Essa questão do Vitor Hugo não está pacificada.”

Destaca-se, o presidente Jair Bolsonaro foi quem indicou major Vitor Hugo como candidato ao governo de Goiás pelo PL. O anúncio ocorreu nesta segunda. Segundo a deputada federal Magda Mofatto (PL), uma decisão unilateral, inclusive, sem a participação do grupo.

HMAP e Einstein

O HMAP é o primeiro hospital público gerido pelo Albert Einstein. Com a assinatura, o próximo passo é a publicação no Diário Oficial do Município. A expectativa é que nos próximos dois meses ocorra a transição de gestão. Desta forma, já em junho o Einstein já deverá estar operacionalizando 100% o HMAP.

Vale citar, o termo de colaboração entre as instituições tem previsão de 48 meses, mas pode ser renovado indefinidas vezes. Serão administradas mais de 230 leitos, com possibilidade de mais de 970 internações clínicas por mês.

Além disso, as dez salas do centro cirúrgico do hospital, bem como a nova sala de hemodinâmica, deverão realizar 870 procedimentos eletivos por mês. Ainda se espera realizar mais de oito mil consultas médicas ambulatoriais e mais de sete mil exames de imagem por mês.

LEIA MAIS:

Bolsonaro escolhe Vítor Hugo para ser o seu candidato a governador em Goiás

“Bolsonaro escolheu sozinho que Vítor Hugo é o candidato do PL em Goiás”, diz Magda Mofatto

Vice-prefeito de Aparecida (GO) acredita que PL ainda pode apoiar Mendanha ao governo

PL deve ter Vitor Hugo para governo e Wilder para o Senado