Mercado de bonecas reborn no Brasil é tema do Mais Goiás.doc

Público-alvo é variado: crianças, adultos e idosos

Mercado de bonecas reborn no Brasil é tema do Mais Goiás.doc
Mercado de bonecas reborn no Brasil é tema do Mais Goiás.doc (Foto: Artur Dias | Arte: Naime Loiola)

No início dos anos 90, surgiram as bonecas super-realistas, mais conhecidas como bebês reborn. O brinquedo chamou muita atenção por conta da riqueza de detalhes e passou a ter como público-alvo não só crianças, mas também adultos e idosos, que passaram a colecioná-lo. Em Goiânia, existe uma maternidade de bonecas – que simula para as crianças a experiência de adotar um bebê. Este mercado é o tema explorado pelo Mais Goiás.doc dessa semana.

Com a grande demanda no Brasil, muitas pessoas passaram a fabricar as bonecas, que vão de bebês prematuros a crianças de até 5 anos de idade. Alessandra Michalczyk, artista reborn, conta que recebe pedidos de diversos públicos.

Segundo ela, muitos clientes levam fotos dos filhos e netos para inspirar a criação e a confecção do brinquedo. “Eu tenho uma cliente, que é colecionadora. Ela está fazendo os filhos quando eram crianças”.

Mercado de bonecas reborn no Brasil é tema do Mais Goiás.doc - bebês

Mercado de bonecas reborn no Brasil é tema do Mais Goiás.doc (Foto: Artur Dias | Arte: Niame Loiola)

Raissa Carneiro é vendedora em uma loja de brinquedos e eletrônicos. De acordo com ela, o item mais vendido na empresa são as bonecas reborn. Ela disse que a arte a encantou tanto, que ela irá fazer um curso para criar os bonecos.

Luana Araújo comprou duas bonecas – um menino e uma menina e está esperando pela terceira, que já foi encomendada. Ela tem um guarda-roupas só para os bebês e os leva para passear como se fossem seus filhos.

Ela conta que sofre muito preconceito. “Eu ia saindo, para levar eles na praça, e uma senhora me parou e ficou falando um monte de coisa. Disse que, ao invés de estar dedicando esse amor a bonecos que não tinham vida, era para dedicar à uma criança”.

Apesar do preconceito, ela ressalta que não deixaria os bonecos por nada.

Mercado de bonecas reborn: maternidade em Goiânia

Em Goiânia, existe uma maternidade de bonecas. Talita Lima é a dona da lugar e disse que criou a empresa para que as crianças pudessem “voltar a brincar de boneca”. Pois, atualmente as tecnologias e as redes sociais ocuparam esse espaço na infância que antes era preenchido por brinquedos.

O local simula para a criança a experiência de adotar um bebê, com direito à ajuda de uma enfermeira – que mede e pesa a boneca – e uma certidão de “nascimento”. A loja também vende roupas de bebês e itens para o enxoval.

“Os pais ficam aqui [do lado de fora da maternidade] esperando a criança no momento dela, de dar o nome para o bebê, de pesar, de ver o tamanho da bonequinha”, conta.

Mercado de bonecas reborn no Brasil é tema do Mais Goiás.doc - bebês

Mercado de bonecas reborn no Brasil é tema do Mais Goiás.doc (Foto: Artur Dias | Arte: Niame Loiola)

Assista ao documentário e conheça um pouco do mundo reborn: