Moradora do setor Sul encontra macaco guariba no telhado de casa, em Goiânia

Dona da residência pede auxílio da Amma e dos Bombeiros desde a manhã

Foto: Do Leitor

Uma moradora do setor Sul, em Goiânia, acordou assustada nesta madrugada (26) com um barulho que vinha do telhado. A origem do barulho era nada menos do que um macaco da espécie guariba que apareceu em sua casa e parece não querer mais ir embora. A mulher, que vive com a avó idosa, contou que tem tentado desde o início da manhã com que algum órgão realize o resgate do animal, mas sem sucesso.

Ao Mais Goiás, a mulher conta que o macaco é do tamanho de seu cachorro, um golden retriever. Segundo ela, sua vizinha disse ter visto o animal no telhado pela primeira vez no sábado mas só hoje ela percebeu a presença do bicho. “Eu o vi por volta das cinco da manhã e levei o maior susto”, relata.

A mulher, que faz parte de grupos de resgates de animais, como cães e gatos, afirma que o medo do bicho ficou ainda maior ao ser informada por uma amiga bióloga que o guariba é dono de uma mordida violenta e “costuma ficar agressivo quando está com fome”. Ela diz que só hoje fez mais de 20 ligações para diversos órgãos para o resgate do animal, mas a resposta foi negativa para todas.

Procurada pelo Mais Goiás, a Agência Municipal do Meio Ambiente (Amma) afirmou que a pasta não faz resgates no alto – como no caso do macaco que está no telhado – mas “apenas de animais silvestres feridos ou em risco e que estejam no solo”. A veterinária do órgão disse ainda que o guariba tem perfil dócil e não costuma atacar humanos, mas orientou que ele não fosse alimentado para que saia do local.

Já o Corpo de Bombeiros informou que, na situação em questão, pode apenas prestar apoio à Amma num possível resgate, uma vez que “macacos guaribas precisa na maioria das vezes de contenção farmacológica e somente veterinários podem fazer”.