Morre Elísio de Assis Costa, advogado e ex-procurador do estado, aos 93 anos

Elísio morreu aos 93 anos de causas naturais. O enterro será no Cemitério Jardim das Palmeiras

Elísio morreu na manhã desse sábado, aos 93 anos. (Foto: Reprodução)

O corpo de Elísio de Assis Costa, advogado, ex-procurador do estado e jornalista, será velado às 16 horas, no Cemiterério Jardim das Palmeiras, em Goiânia e será aberto ao público. Assis da Costa morreu na manhã desse sábado (25), aos 93 anos de causas naturais.

De acordo com a família do falecido, as pessoas que quiserem comparecer ao enterro devem fazer o uso de máscara. Assis foi um dos primeiros jornalistas a atuarem na Rádio Brasil Central e outros jornais de Goiânia.

Por também ser formado em direito e exercer o cargo de conselheiro da Ordem dos Advogados de Goiás (OAB-GO), a instituição lamentou a morte do profissional. “O seu exemplo de dedicação é motivo de reverência”, divulgou a OAB.

O prefeito de Goiânia, Rogério Cruz, também se manifestou sobre o falecimento e publicou uma nota de pesar em homenagem ao falecido nas redes sociais.

“É com consternação e pesar que recebi a notícia do falecimento do advogado, ex-conselheiro da OAB e ex-procurador do Estado, Elísio de Assis Costa”, lamentou o prefeito.

Ressaltou ainda que “de conduta ilibada, Elísio foi exemplo de retidão, ética, amor ao trabalho e à vida pública. Que nos coloquemos todos em orações pela sua alma, pelos familiares e amigos que aqui ficam com o coração carregado de gratidão e saudade. “, escreveu o prefeito.