Motociclista é arremessado contra poste após colisão na Castelo Branco, em Goiânia

Condutor tentou fazer uma ultrapassagem, mas colidiu contra um carro

Motociclista é arremessado contra poste após colisão na Avenida Castelo Branco, em Goiânia
Motociclista é arremessado contra poste após colisão na Avenida Castelo Branco, em Goiânia (Foto: Divulgação/DICT)

Um motociclista de 24 anos foi arremessado contra um poste de iluminação pública após colidir contra um carro de passeio na Avenida Castelo Branco, em Goiânia. O acidente aconteceu por volta das 22h no cruzamento com a Praça Dom Prudêncio Setor Rodoviário. O jovem ficou gravemente ferido.

Segundo a Delegacia de Investigação de Crimes de Trânsito (Dict), o motociclista seguia pela avenida em direção ao Setor Padre Pelágio quando um Fiat Palio deu seta para virar à direita e acessar a Avenida Dom Vidal no cruzamento com a praça. O motociclista, que estava à direita do carro, tentou fazer uma ultrapassagem, que resultou em uma colisão entre os veículos.

Com o impacto, o jovem foi arremessado e atingiu um poste de iluminação.

O local é sinalizado com semáforo, que estava verde no momento da ultrapassagem.

Carro ficou danificado após colisão na Avenida Castelo Branco, em Goiânia (Foto: Divulgação/DICT)

O motorista do carro acionou o Corpo de Bombeiros que prestou os primeiros socorros ao motociclista e o encaminhou para o Hospital de Urgências Governador Otávio Lage de Siqueira (Hugol) em estado grave.

O condutor do carro permaneceu no local e fez o teste do bafômetro, que deu resultado negativo para a presença de álcool no organismo.

O Batalhão de Trânsito e a Polícia Técnico-Científica estiveram no local para registrar e periciar o local do acidente.

LEIA MAIS

Motorista embriagado bate em ônibus e foge em Anápolis

Motociclista fica em estado grave após colidir contra caminhão parado em Goiânia

Motorista apanha na frente das filhas após colisão em estacionamento de supermercado de Catalão

*Jeice Oliveira compõe programa de estágio do Mais Goiás sob supervisão de Hugo Oliveira