Motorista da Uber é preso após transportar drogas de Goiânia para Firminópolis

A esposa de um detento que ajudava na contabilidade do tráfico também foi presa

Dupla trazia droga de Goiânia para Firminópolis, sempre em dias de visitas no presídio da cidade (Foto: PC)

Um motorista da Uber foi preso na manhã desta quinta-feira (28) por tráfico de drogas em Firminópolis, a cerca de 130 quilômetros de Goiânia. Nassary Ivone Ferraz, de 23 anos, foi detido enquanto realizava uma das suas corridas para levar entorpecentes para a cidade.

Segundo o delegado Tiago Junqueira, Nassary estava sendo investigado há um mês. O suspeito trazia a droga de Goiânia. Junto com ele, foi detido Leidiane Miranda de Souza, de 29 anos. A mulher é esposa de um detento da cadeia da cidade, que foi preso há seis meses por tráfico de drogas. “Suspeitamos que eles trabalhavam juntos, já que ele relatou que sempre aceitava corridas para cá e as intercalava com entregas dos entorpecentes”, destaca o delegado.

De acordo com o delegado, o motorista sempre aparecia na cidade toda quinta-feira, dia de visita no presídio. Assim ele repassava as drogas a outros traficantes. “Estamos aguardando a autorização judicial para termos acesso ao celular dele, que deve conter mais informações sobre as negociações”, conta Junqueira.

Em depoimento ao delegado, Nassary disse que estava no aplicativo de corridas há um ano e meio e que estava fazendo o transporte de droga a cerca de três meses. Com a dupla, foram apreendidas porções de drogas e uma caderneta com a contabilidade do tráfico, com valores a receber de R$ 10 mil.

Os envolvidos estão detidos no presídio municipal da cidade.

Produtos apreendidos com os envolvidos (Foto: PC)