Motorista de app é preso suspeito de levar dupla para praticar roubos em Aparecida

Imagens de câmeras de segurança flagraram os dois assaltantes, ainda não identificados pela polícia, durante os crimes

Motorista de aplicativo é preso suspeito de levar dupla para praticar roubos em Aparecida de Goiânia (Foto: divulgação - PC)
Motorista de aplicativo é preso suspeito de levar dupla para praticar roubos em Aparecida de Goiânia (Foto: divulgação - PC)

Um motorista de aplicativo foi preso nesta quinta-feira (21) suspeito de levar uma dupla de homens para praticar roubos em Aparecida de Goiânia. O detido é apontado com participante de pelo menos dois assaltos. Dois comparsas dele, que foram filmados em um dos crimes, ainda não foram identificados.

Investigações realizadas pela Delegacia Estadual de Repressão a Furtos e Roubos de Veículos Automotores apontam que Abadio Alves Júnior utilizou o carro em que trabalhava como motorista de aplicativo para levar os criminosos que praticaram dois roubos em Aparecida, no último dia 27 de julho.

O primeiro assalto foi realizado em um salão de beleza que fica na Avenida Brasil, no Setor Buriti Sereno. Já o segundo ocorreu em via pública, na Rua 59, no Bairro Independência Mansões, onde a dupla roubou um carro VW Virtus.

Polícia prende motorista de app que ajudou em roubo e quer ajuda da população para identificar a dupla de assaltantes

Com a prisão de Abadio, que confessou participação nos delitos, a Polícia Civil decidiu divulgar as imagens em que os suspeitos aparecem andando pela calçada antes de entrarem no salão de beleza. Armados, eles roubaram os pertences de várias pessoas que estavam no local.

Denúncias sobre o paradeiro dos suspeitos podem ser feitas pelo telefone 197. O denunciante não precisa de identificar.

De acordo com a DERFRVA, a divulgação da imagem e identificação do preso, assim como a filmagem dos comparsas, foi procedida nos termos da Lei nº 13.869/2019 e da Portaria nº 547/2021 – PC, conforme despacho do (a) delegado (a) de polícia responsável pelo inquérito policial, de modo que a publicação possa auxiliar no surgimento de novas vítimas que façam seus reconhecimentos.