Mulher é presa em Anápolis após agredir crianças em fila de almoço gratuito

 Aos militares, a mãe das crianças contou que eles chegaram chorando em casa após saírem para pegar a marmita.  A reportagem apurou que a mulher chegou a ir ao projeto social para localizar a suspeita das agressões e tirar satisfação

Tijolo arremessado pela suspeita em direção a mãe. (Foto: Reprodução PM)
Tijolo arremessado pela suspeita em direção a mãe. (Foto: Reprodução PM)

Uma mulher de 43 anos foi presa pela Polícia Militar (PM) no Recanto do Sol em Anápolis.  Ela é suspeita de agredir duas crianças de 7 e 12 anos que estavam na fila de um projeto social e aguardavam por almoço servido gratuitamente.  Aos militares, a mãe das crianças contou que eles chegaram chorando em casa após saírem para pegar a marmita.  A reportagem apurou que a mulher chegou a ir ao projeto social para localizar a suspeita das agressões e tirar satisfação.  

Sem encontrá-la no local, ao retornar para casa visualizou a suspeita perambulando pela rua e aparentemente embriagada. A mãe chegou a questionar o motivo das agressões nas crianças, mas a mulher muito nervosa ainda arremessou tijolos na direção dela.  

Com a chegada da PM a suspeita ainda xingou os policiais de “cachorros do governo”. Presa em flagrante, a mulher foi encaminhada para a Central de Flagrantes e deverá responder pelos crimes de lesão corporal, desacato e ameaça.    

As crianças e a mãe foram levadas ao Instituto Médico Legal (IML) para que realizassem o corpo de delito que comprovaram as agressões.