Mulher que desapareceu após sair com carro da empresa é encontrada morta e seminua em SP

Susana Duas Batista, de 47 anos, desapareceu após sair para almoçar e ser abordada por um homem em um farmácia

Mulher que desapareceu após sair com carro da empresa é achada morta e seminua
Mulher que desapareceu após sair com carro da empresa é achada morta e seminua (Fotos: Arquivo Pessoal - GCM)

A mulher de 47 anos que estava desaparecida após sair com o carro da empresa onde trabalhava, foi encontrada morta e seminua, na última quinta-feira (18/11). O caso aconteceu em Itapetininga (SP). Susana Dias Batista foi localizada em uma região de mata.

Foram familiares da mulher que a encontraram no momento em que faziam buscas por ela, às margens da Rodovia Vereador Humberto Pellegrini. Os parentes foram informados por dois ciclistas que viram a mulher no local pela última vez.

Segundo a Polícia Civil, Susana estava com vários hematomas no rosto e usava apenas roupas íntimas. As causas da morte estão sendo apuradas.

Câmera de segurança flagra carro de empresa em que mulher foi encontrada morta

Uma câmera de segurança flagrou o momento em que o veículo da empresa que Susana estava, uma picape vermelha, passou duas vezes por uma avenida, momentos antes dela ser abordada por um homem em uma farmácia, até desaparecer.

Em uma delas, o veículo bateu no guia e chegou a invadir a calçada.

As imagens mostram que o veículo passou pela Avenida Dr. Ciro Albuquerque, às 14h49. Depois, às 15h27, a picape aparece na entrada de uma empresa de energia. O veículo segue pela avenida, bate na guia e invade a calçada, quase atingindo um poste. Neste momento, aparentemente, quem dirige o carro é um homem de camisa branca.

De acordo com o boletim de ocorrências, os familiares alegaram que Susana saiu para almoçar no veículo da empresa, na última quarta-feira (17/11) e não retornou mais.

Momentos depois, o veículo foi encontrado abandonado em uma avenida da cidade, com uma das rodas danificadas e os bancos empurrados para a frente.

A filha de Susana contou ao G1 que, que, ao saber do desaparecimento, rastreou o celular da mãe. Com isso, ela descobriu quando a mesma esteve na farmácia e que, no local, a mulher foi abordada por um homem.

“Vi que o sinal do celular da minha mãe indicou que ela passou por uma farmácia e depois por Alambari. Fui até os comércios e pedi as imagens. Consegui vídeos e descobri que minha mãe foi abordada por um homem, ainda na farmácia”, conta a jovem.

Mulher que desapareceu após sair com carro da empresa é achada morta e seminua

Local onde o corpo de Susana foi encontrado (Foto: Karina Ricca/Tv Tem)

*Com informações do g1