Novo teste de covid-19 promete resultados em até 30 minutos

Exame tem maior precisão em identificar pessoas infectadas e em período de transmissão da covid-19

Novo formato de teste de covid-19 promete resultados em até 30 minutos

Um novo formato de teste para detectar a covid-19 promete resultados em até 30 minutos. O teste de antígeno, aprovado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e recomendado pela Organização Panamericana de Saúde (Opas), tem maior precisão em identificar pessoas infectadas e em período de transmissão da covid-19.

Conforme David Urbaez, infectologista do laboratório Exame, enquanto o teste RT-PCR, aplicado desde o início da pandemia, detecta material genético do vírus a partir de secreções das mucosas nasais, o antígeno é capaz de encontrar fragmentos proteicos do vírus.

Ainda segundo ele, o formato RT-PCR tem sensibilidade analítica maior, no entanto, o novo recurso, identifica a infecção em fase de transmissão.

“É a fase onde a segurança deve ser garantida. Portanto, é um teste que virá a fazer muito mais sua indicação pertinente, porque nós com isso detectaremos aqueles indivíduos que realmente estão em uma infecção capaz de ser passada para os outros.Você poderá repetir todos os dias, cinco vezes por semana, com grande foco em locais onde você tem que garantir a segurança. Isto é, viagens aéreas, serviços como escolas, hospitais, indústrias, onde você tem necessariamente que se expor”, diz o médico.

Para ele, o novo teste será uma grande arma no combate à covid-19. “Com essa característica, coordenada com a rapidez da obtenção do diagnóstico, você realmente tem um aumento da acurácia.”

No entanto, de acordo com ele não deve-se dispensar o isolamento, distanciamento, higiene das mãos e uso de máscaras, já que essas continuam sendo as formas mais eficientes para prevenção. “De maneira nenhuma o teste vem para substituir todas as medidas de distanciamento social. Muito pelo contrário”.

O teste já está disponível em alguns laboratórios particulares do DF, como o Exame. O Correio questionou a Secretaria de Saúde sobre a previsão para aquisição de testes de antígeno para o Distrito Federal e aguarda resposta.

*Com informações do Correio Braziliense