Número de eleitores abaixo de 18 anos sobe mais de 150% em Goiás

Em relação ao total de eleitores, os menores de 18 anos representam 1,73% em Goiás

AGU e PGR se manifestam a favor do voto de inadimplentes em eleições da OAB (Foto: Reprodução)
(Foto: Reprodução)

O número de eleitores abaixo de 18 anos subiu 157% entre 2020 e 2022 em Goiás. Os registros saltaram de 32.841 na eleição passada para 84.490 até a última quarta-feira (15). Os dados são do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) e ainda não estão consolidados.

O aumento no número de eleitores menores de 18 anos, ou seja, aqueles em que não há obrigação para votar, pode ser atribuído a campanha realizada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) em março deste ano. Na ocasião, artistas como Mark Rufallo, Anitta e Zeca Pagodinho aderiram à campanha e órgão chegou a emitir 96.425 novos títulos para todo o país.

Em Goiás, o número de eleitores subiu como um todo. Segundo os dados do TRE, o eleitorado goiano subiu de 4.606.112, em 2020, para 4.870.741. Um aumento percentual de 5,74%, acima da média nacional, que foi de 3,26%.

Em relação ao total de eleitores, os menores de 18 anos representam 1,73% em Goiás. Enquanto aqueles que tem acima de 70 anos somam 8,24% — 401.499 no total.

Outros dados

As mulheres são maioria quando o assunto é eleitorado em Goiás, são 2,557,990 (52,52%), contra 2,312,751 (47,48%( de homens. Enquanto isso 1.109 irão usar o nome social no título de eleitor.