‘Nunca pensei que me apaixonaria por uma mulher’, diz Leilane Neubarth

"Me separei e as coisas começaram a acontecer, surgiu essa outra emoção", disse a jornalista

Leilane Neubarth jornalista
(Foto: Reprodução Redes Sociais)

Leilane Neubarth confessou que nunca tinha pensado que um dia se apaixonaria por uma mulher. Em entrevista à revista Veja, a jornalista da GloboNews relembrou os dois casamentos heterossexuais e disse que hoje vive um relacionamento feliz e estável com Gaia Maria.

“Eu não tinha a menor ideia do que viria a acontecer comigo na maturidade. Me casei com o primeiro marido aos 20, me separei aos 26, e, aos 28, me casei com meu segundo marido. Tive dois filhos, um de cada casamento”, recorda.

“Com meu segundo esposo, vivi 22 anos casada. A relação sofreu um desgaste grande e nos separamos. Eu sofri muito, tinha planejado minha vida com ele, envelhecer com aquele homem”, continuou Leilane Neubarth.

A paixão por alguém do mesmo sexo chegou para a jornalista do GloboNews pela primeira vez aos 52 anos de idade.

“Nunca imaginei que me apaixonaria por uma mulher. Algumas pessoas me falavam: ‘Ah, então você sempre foi gay e foi infeliz porque era casada com um homem’. Não! Eu era feliz com minha vida sexual, amorosa, matrimonial. Só que aí eu me separei e, de repente, surgiu essa outra emoção, uma outra atração que eu nunca tinha pensado”, esclarece Neubarth.

Leilane disse que as pessoas costumam perguntar se antes ela nunca tinha sentido tesão em mulher.

“Não. Acho que foi algo que surgiu num momento em que eu estava priorizando a delicadeza amorosa e a harmonia. Então, de lá para cá, eu venho tendo relações homossexuais. Hoje tenho uma namorada, estamos juntas há pouco mais de um ano. Mas se você me perguntar “vai ser assim a vida inteira?”, não sei”, acrescentou Leilane Neubarth.

LEIA TAMBÉM:

• Saiba o que vai acontecer nos próximos capítulos de ‘Verdades Secretas 2’: LEIA

• Pyong Lee publica indireta após reatar com Sammy: LEIA

Atriz de ‘Harry Potter’ diz lutar contra anorexia desde os 11 anos